Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Sexo Anonimo: Foda com um casal bi

Este fato aconteceu em janeiro, para ser mais exato, dia 2, quando voltava de uma viagem de réveillon. Sempre que viajo a esta cidade, passo numa praia naturista que tem no caminho para curtir a natureza e a nudez total.

Cheguei lá por volta das 14 horas e quando estava estacionando o carro, percebi um casal que vinha retornando da praia naturista (do estacionamento para a dita praia temos que dar uma boa caminhada pela praia ou pelas dunas). Era um cara de aproximadamente 30 anos, moreno claro, meio troncudo de sunga e estava com uma loirinha linda de uns 20 e poucos anos, envolta numa canga.

Aguardei dentro do carro para que o casal passasse e eu pudesse sair para colocar a sunga. Passaram por mim e se dirigiram ao carro deles. O cara entrou no carro pelo lado do motorista e a garota pelo lado carona, que ficava de frente pra mim. Para minha surpresa, quando a garota foi entrar deixou a canga cair, mostrando uma linda bunda e olhou pra mim. Interpretei aquilo como um flerte e saí do carro pra trocar a sunga. O cara já estava manobrando quando viu que eu estava pelado e com o pau já meio bomba. Deu marcha ré e parou. A garota continuava olhando e fez sinal para eu ir até eles. Fui. Ela abriu a porta e começou a mamar meu cacete.

Enquanto ela mamava o cara começou a morder a orelha dela, beijar a nuca e não parava de olhar pra meu cacete. de repente ela parou de mamar e ofereceu o pau a ele. Percebi que ele ficou meio retraído, com medo da minha reação. Mas assenti para que ele aceitasse e ele caiu de boca. Ficamos nessa: hora ela mamava, hora ele e hora ambos. Elogiavam meu pau pelo tamanho e espessura. Ele perguntou se eu queria fuder a namorada dele e disse que sim. Pegou a camisinha e procuramos um local mais reservado pois no estacionamento estávamos muito expostos. Peguei meu carro e coloquei ao lado do dele, com a porta aberta. Ambos deram mais uma boa mamada e ele encapou meu pau e comecei a fuder a bucetinha da garota de quatro. Ele gemia, pedia mais e que eu fudesse mais forte que estava muito bom. O namorado foi para a frente e ela começou a mamá-lo enquanto eu a fodia.

Aproveitei que ela estava de quatro, dei uma cuspida no cu e comecei e fistá-la. Como ela não reagiu negativamente, tirei o pau da buceta e fui metendo aos poucos no cu dela. Quando encaixou toda. comecei a bombar e ao mesmo tempo siriricava ela. Não demorou muito e ela anunciou que ia gozar. Comecei a acelerar as estocadas e o namorado a bater punheta nele mesmo. Ela começou a urrar de prazer, ele também e finalmente também gozei.

"Depois de tudo... não consigo esquece/ ela me disse adeus e se foi/ nem seu nome eu sei dizer/de onde ela veio pra onde ela vai... não sei dizer..."

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/mulatodotssa



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente