Já é assinante?
Esqueci a senha

 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Sexo Anonimo: Chupada e leitada

Me chamo Esequiel, tenho 60 anos mas sou bem conservado. Sou ativo entendido e dou conta de um bom recado quando se trata em sexo. Acontece coisas em nossas vidas que as vezes com todas as experiências que passamos e temos com o decorrer dos anos, mais a gente fica cismado quando algo aparece em nossos caminhos quando estamos naqueles de dias de tesao doido pra dar uma foda.

Isso que vou contar agora aconteceu no dia 30/10/2017 as 14hrs. Cheguei do trabalho e meio cansado tomei um banho, almocei e me deitei. Quando eu estava em um sono leve e gostoso acordei assustado com a campainha da casa tocando, me levantei as pressas e esqueci até de por uma bermuda. Abri a porta de cueca assim como eu estava. Deparei com um rapaz loiro, estatura média e bem engraçado... De rosto e corpo bonito, mesmo ele vestido deu pra notar o belo corpo que tinha.

Deparei com ele fiquem sem ação e perguntei o que ele queria. Ele simplesmente me respondeu que queria falar comigo o assunto sobre o preço do condomínio do prédio em que eu moro. Mandei que ele entrasse e notei que ele olhava por entre minhas pernas. Pedi licença e fui ao quarto por uma roupa mais adequada e quando eu percebi, ele entrou no quarto e me arrastou pra cima da cama. Tentei impedir mas não consegui com as forças dele me abraçando e se roçando em cima de mim.

Não aguentei, aquilo foi demais e além de uma surpresa gostosa. Ele foi tirando a roupa ligeiro e vi aquele cacetão branco gostoso de cabeça avermelhada duro como um pau. Ele caiu em cima de mim novamente esfregando aquela rola na minha cara e depois ia se agachando e pondo as mãos no meu pênis que já estava babado de tesao. Nos chupamos muito, fizemos meia nove gostoso e terminamos nos comendo um ao outro. E eu sentindo aquele monstro de rola entrando no meu cu pulsando de tesao.

Em seguida ele me pediu que o comesse também e quando vi aquela bunda peluda gostosa com pelos amarelinhos, aquele cuzinho apertado não aguentei e cai matando em cima. Não demorei pra gozar, mas em seguida ele disse: Topa a três juntos eu voce e outro? Sim respondi pra ele. Então ele ligou seu celular e fez a chamada. Não passou dez minutos seu amigo chegou. Que cara lindo da cor de um índio, cabelos compridos, peitos peludos e ali ja começamos outra orgia. Agora sim o diabo entrou no meio eu não aguentava de tesao.

Foi muita chupada e leitada na cara dos três foi muita gozada. Aguentei a rola do amigo dele grande grossa cheias de veias que entrava pelo cu pulsando de tesão. Foram oras de namoros, safadezas e gozadas. Foi isto que aconteceu e ainda repetimos as doses todas as semanas aos sábados. Eu e meus dois maridões gostosos.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente