Já é assinante?
Esqueci a senha

 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Sexo Anonimo: Estuprado na praia pelo negão

Moro perto de uma praia que é bem deserta, tenho 26 anos, sou moreno, magrinho, 1.70 de altura, sou versátil. Já tinha ido nessa praia algumas vezes, e sabia que tinha uns caras discretos que curtiam. Já tinha transado algumas vezes nessa praia.

Esses caras aparecem mais durante a noite, que fica mais deserta ainda, e eu fui nesse horário de 19h. Assim que cheguei na praia, de longe vi um carinha que já tinha transado comigo, mas ele não me viu e eu fui em direção a ele pra ver se rolava algo.

De repente aparece um cara negro, e me chama. Ele começa a puxar assunto, e perguntar o que eu fazia na praia naquele horário. Eu fico meio sem graça, mas vejo um volume no seu calção. Tive coragem e passei a mão no seu volume. Ele rapidamente bota o pau pra fora e vejo um pau de 18cm, bem bonito já duro e começo mamar.

Até que passa outro cara bem bonito me encarando, e eu fiquei com vontade de ficar com esse outro cara. Tento me despedir do negão, dizendo que já vou, mas ele segura meu braço, tento me soltar, mas ele me puxa, me agarrando. Como estava muito escuro, não tinha percebido como ele era forte e quando ele me agarrou senti seu peitoral forte e seus braços. Não era forte de academia, acho que ele fazia algum tipo de trabalho braçal.

Ele começa a me beijar, enfiando a língua dentro da minha boca. Eu não conseguia me soltar e ele começou a abaixar meu calção enquanto me beijava. Foi naquele momento que eu percebi que daria o cu para aquele homem.

Ele apertava minha bunda com aquelas mãos grandes e procurava meu cuzinho. Começou a passar saliva no meu buraquinho e me virou bruscamente já encostando a cabeça do seu pau no meu cuzinho.

Começou a forçar e a cabeça entrou, em pouco tempo seu pau já tinha entrado completamente. Eu tentava me soltar, mas ele era mais forte, às vezes conseguia tirar aquele pau de dentro de mim, mas ele enfiava de novo de uma vez. Senti um misto de medo e tesão, olhando ao redor se aparecia alguém. Percebo que o cara que eu tinha visto estava observando tudo, ele se masturbava me vendo ser estuprado.

Meu cu já estava acostumado com aquela rola, então me rendi e deixei ele me comer empinando minha bunda pra ele. Ele chupava meu pescoço e socava forte, até que senti seu pau inchar. Ele tirou de uma vez e gozou muito na areia.

Ele me soltou e eu levantei meu calção e fui embora todo arrombado. O cara que observava já tinha ido embora. Confesso que gostei de ser fodido por um negão daqueles.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente