Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Sexo Anonimo: Fila para comer o meu cu

Sempre fui macho. Jogava bola, tinha namoradinha, lutava jiu jitsu. Estudava e estava com 18 anos na época.

Tinha uma quitandinha perto de casa e o dono um português chamado Seu Felipe. Seu felipe era brusco, grosso com o pessoal e parecia que não tomava banho.

Eu era mirradinho, bem magro, baixinho e sempre que tomava banho batia punheta. Gostava de enfiar o dedo no cu e masturbava cu e rola ao mesmo tempo. Como falei tinha uma namoradinha a Tininha. A gente sempre namorava no jardim da casa dela e eu sempre passava a mão na bundinha dela. Ela me punhetava e um certo dia ela chupou meu pau. Nem pedi! Estávamos nos beijando e ela punhentando meu pau deu um jeito e se abaixou e começou a gulosa.

Fui as nuvens. Ela chupava muito bem. Achei estranho sua experiência mas ia levando. Uns beijinhos e sempre uma chupada gostosa. Eu gozava na boca dela e ela gostava, nem reclamava. Um dia ela estava de saia e eu fui virando ela de costas, baixando a calcinha e salivando aquele cuzinho rosinha dela. Eu lambuzava o dedo e enfiava naquele cuzinho e ela parecia gostar, nem reclamava... O meu pau já era grosso nesta época.

Não era tão grande mas era bem grosso (Aliás ainda é). Fui pincelando a rola no cuzinho dela e fui enfiando. Ela empinou a bunda e entrou tudo. Bombei forte e logo gozei. Fiquei grilado e perguntei se ela já tinha dado o cu para alguém. Ela disse que não, mas fiquei grilado.

Passei a segui-la e espia-la a distancia. Toda a tarde ela entrava na quitanda e demorava para sair. Pensei: Aí tem! No dia seguinte, pulei um muro ao lado da quitanda e fui para os fundos, onde tinha uma porta. Abri esta porta e fiquei debaixo de uma prateleira de estoque. Ai minha surpresa... minha princesa entra só com um vestidinho vermelho, ela ficava lindinha com aquele vestido, só para vocês imaginarem... ela era moreninha, baixinha, seios médios, cabelos pretos compridos uma bundinha cheinha e uma bocetinha pequenininha.... Era virgem de buceta...

Voltando ao conto estou eu lá debaixo do estoque, com o coração na mão e minha princezinha mamando a picona do velho. Picona mesmo. Tinha mais de 23 cm e era muito grossa... Ela chupava que era uma maravilha. Depois de uns 10 minutos de chupação ele vira ela e coloca ela de bruço, e imediatamente enfia aquela rolona no cuzinho dela. É claro que o dia que eu comi ela não reclamou de doer, afinal aquentar aquela rolona já tinha dado experiencia para ela.

Fiquei vidrado naquela rola.... ele enfiava devagar e depois tirava... enfiava e tirava, e ela gemenda igual uma cadelinha. Eu nem prestava mais atenção na bundinha dela, apenas via aquele pauzão entrando e sumindo naquela bundinha. Dali a pouco ele dá uma puta gozada, tira a rola do cu dela, todo arrombado, limpa com um pedaço de pano daquels amarelos de limpeza e sai do depósito.

Dali a pouco ela sai também.... Eu saio também e corro para a casa dela, cortando caminho para chegar antes e assim acontece. Quando ela chega eu estou louco para comer ela... ela tenta me driblar, mas eu pego ela pelo braço, levo no nosso cantinho e logo saco a rola... Ela abaixa e começa a chupar.... não demora nem 3 minutos e já viro ela de costa e baixo sua calcinha...

Nem passo cuspe, nada, vou enfiando meu pau que entra rapidamente, dou umas bombadas e gozo muito naquele agora cuzão. Ela não fala nada. Me dá um beijo e entra para dentro de casa. Fiquei louco, fui para casa e estava com uma coceira no cu. Fui tomar banho e tive uma idéia... enfiar um tubo de desodorante no cu enquanto batia uma punheta...

Peguei um daqueles tubo, passei sabonete e fui enfiando no cu.... Nossa que delícia... Doia um pouco mas eu aguentava bem.... Me masturbei muito pensando na rola do velho Português... No outro dia fui na quitanda para tirar satisfação afinal ele havia comido a minha namoradinha. Cheguei e ele logo foi me perguntando sobre o jogo que havíamos ganhando. Se eu tinha jogado bem e estas coisas.. E eu com a cara feia, falei... poxa portuga você tá comendo minha garota... E ele... não estou não... eu tá sim eu vi ontem...

Ele Ah, então além de corno você gosta de ver?

Eu... não sou corno não porque vou acabar com ela... ele... não acaba não... vai comendo a bundinha dela , até ela te dar a bucetinha.... eu já como ela a mais de um ano.... e olha ela dá para alguns meninos viu....

Que ódio, eu disse, baixei a cabeça e fiquei triste.... ele cara a vida é assim mesmo.... venha, vamos ali dentro...

Chegando no depósito, ele fala... menino tira seu pau pra fora pra eu ver... Fiquei todo envergonhado, mas tirei.... ele falou até que não é dos piores... Você que ver o meu? Eu disse com a cabeça baixa que sim.

Ai ele falou: Pega nele igual você viu ela fazer. E eu peguei... fiquei ali uns 10 minutos punhetando ele.... ai ele falou: chupa um pouco para ver como é.... E eu pus aquela cabeçona na boca e chupt, chupt, chupt.... estou lá chupando ele.

Neste momento entra o Rosalvo um dos empregados dele e vê a cena... o cara nem pensa... já saca a rola e vem na minha direção... Eu não perco tempo e começo a chupar ele também, alternando entre o portuga e o empregado.... Ai o portuga fala, agora vamos ver este cuzinho.... E me vira de bruços com o Rosalvo ainda com a rola na minha boca....

O portuga experiente dá uma linguada no meu cu e eu me arrepio todo... Dá uma cuspida grande na minha rodela e começa a enfiar.... a rola era mais grossa que o tubo de desodorante, ma fui aguentando e ficando cada vez mais excitado, já pensando, daqui a pouco o Rosalvo vai meter no meu cu também....

O Portuga come muito meu cu... começa a friccionar rapidamente e dá uma gozada jumentar no meu cuzinho, agora cuzão.... caiu para a frente, ele limpa a rola e sai... ai o Rosalvo já quer meter também (detalhe a rola do Rosalvo também era muito grossa). Ele engata sem problemas a rola no meu cu, agora já lubrificado com a gala do Portuga...

Dali a pouco entra o Portuga de novo trazendo 3 amigos caminhoneiros... E diz olha a minha nova putinha.... podem comer.... e eles sacaram suas rolas e vieram famintos ao meu encontro.... Neste momento eu era empalado gostosamente pelo Rosalvo e já fui chupando aquelas rolas, logo o Rosalvo goza, e vem uma a pós um os caminhoneiros.... 5 rolas na estreia foi foda.... literalmente.

Fiquei com o cu mega arrombado naquele dia.... quando saio da quitanda, encontro o Portuga conversando com a Tininha na porta ele diz que vai ensinar algumas coisas para ele. Baixo a cabeça e vou embora.

No outro dia acordo com a Tininha me chamando... Vou ao portão e ela me entrega uma pacotinho de presente e diz que o portuga que mandou.... Agradeço e não tenho coragem de falar com ela... Nem ela comigo. Entro correndo para o quarto para abrir o presente e o que era.... Uma calcinha fio dental amarela, com um recadinho.... Veste isto, prepara a bundinha que hoje serão 8.... Deste dia em diante nunca mais pensei em comer uma menininha...

Agora só queria levar rola.... passados 30 anos, ainda estou assim.... adoro rola, quanto mais grossa melhor.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/não



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente