Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Sexo Anonimo: Passeio na Lagoa Taquaral

Bom sempre tive vontade de dar e nunca tive coragem, mas tudo mudou após um passeio no interior de um parque aqui em Campinas.

Precisando esfriar minha cabeça pois tinha tido um atrito com minha namorada, resolvi dar uma volta por dentro da Lagoa do Taquaral isso era umas 18:30, local muito movimentado no período noturno por esportistas e pessoal que faz caminhada.

Então andando, dei umas 2 voltas por dentro do parque e então resolvi sentar e descansar nos bancos da famosa concha acústica que tem lá dentro, era por volta de umas 19:40 ou 20 horas, pois então comecei a escutar assobios e psiu psiu, mas nem ai, e continuei ali sentado de boa, ao passar do tempo percebi uma movimentação de machos que ficavam andando e entrando nas trilhas que tem ao meio das árvores e um banheiro abandonado, e então me despertou uma curiosidade e então resolvi andar alguns metros pela pista principal e vi alguns movimentos entre as árvores, então entrei por um local que tem mesas e cadeira de concreto onde as pessoas fazem piquenique de fim de semana de dia e tarde!

Algumas dessas mesas ficam na escuridão a noite, foi ai que ao caminhar me deparei com dois machos se pegando em 1 mesa, me assustei e adentrei mais e próximo ao banheiro abandonado no meio do escuro vi vários ali, só na sacanagem e ai os psius e assobios ficaram intensos, comecei a ficar com medo, tesão e uma grande emoção, ai acabei saindo dali e voltei ao local da concha acústica, sentei respirei e a emoção passou.

Mais alguns minutos ali e foi então que fui surpreendido por um macho moreno que sentou ao meu lado e me cumprimentou, perguntou meu nome, e lhe respondi. Começamos a trocar umas ideias, ai ele me chamou pra dar uma volta dentro da mata, recusei, e ele disse: to te vendo faz tempo, você saiu e entrou na trilha e saiu de novo, tentei te seguir mas você sumiu, fiquei em choque kkkk ele estava me seguindo.

Conversa vai e conversa vem, falei que estava curioso pra saber o que rolava pelo meio do parque, foi ai que novamente me chamou pra entrar na trilha e descobrir. Não resisti, meu pau ficou duro e então fui, falei para que ele me guiasse, ele foi meio na frente e fui acompanhando, ele me levou para próximo do banheiro abandonado, ai me perdi quando me deu uma fechada e veio pra cima, pegou na minha bunda, eu peguei no pau grosso dele.

Logo eu já me abaixei e comecei a chupar aquela tora preta, ele gemia e eu com gosto chupava, ele me levantou me pós de costas abaixou a minha calça e começou a lamber meu rabo, acho que fez o teste de toque com dedo, ai roçou aquele pau no meu cuzinho, falei que nunca tinha dado, e ele disse: relaxa, colocou camisinha, meteu um lubrificante e começou a acostumar meu cu com os dedos, de repente senti algo adentrando no meu rabo, bem vagarosamente, ai foi bem devagarinho rasgando meu cu com muito tesão, e foi aumentando a velocidade e ali transamos gostoso por alguns bons minutos até que ele gozou, por mais que estivesse com camisinha pude sentir a porra quente dentro de mim!

Trocamos o numero de telefone e logo tentamos outro encontro mas infelizmente não conseguimos, acabei indo até o parque novamente mas não o encontrei mais.

Foi uma transa que jamais esquecerei, tirou meu cabaço.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/Lovers37



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente