Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Sexo Anonimo: Na Balada de Domingo

Amigos depois do três texto que escrevi resolvi dar uma parada na sequência e escrever esse outro conto Verídico que aconteceu comigo no dia 08/09/13. Espero que vocês curtam.

Na Balada de Domingo

Estava em casa almoçando quando meu whatsapp chamou. Era o Rod, um cara malhado gostoso que eu havia conhecido em um site de relacionamento aqui em BH, me chamando para sairmos a noite depois das 18h00min. Topei na hora, pois havia mais de mês que eu só conversava com ele e ainda não havia conhecido pessoalmente.

As 18h00min. Desci para o centro da cidade onde havia marcado com o Rod, mandei uma mensagem e não me respondeu, ai resolvi ligar para ele que também não atendeu minha chamada, achei estranho, pois ele que me chamou para sair e pediu que eu não furasse com ele. Como estava próximo de um Bar que eu gosto de ir pois lá têm Karaokê, resolvi me dirigir para lá fazer uma hora para ver se ele me retornava.

Quando cheguei no bar pedi uma cerveja e fui para a área do Karaokê, fiquei vendo as pessoas cantarem e continuei a tomar minha cerveja sozinho no balcão do salão. Na mesa ao lado tinha um casal de garotos que se beijavam e um terceiro que parecia estar sozinho, comecei a perceber aquele carinha, mas ele não correspondia aos meus flertes, certa hora resolvi ir na área de fumantes - um local aberto no fundo desse bar muito legal com várias mesas ao ar livre.

Sentei-me em uma mesa e, para minha surpresa, o casal de namorados que estava ao meu lado dentro do salão chegou perto e perguntou se poderiam sentar na minha mesa, que de pronto educadamente aceitei. Ficamos ali batendo papo por um bom tempo quando perguntei a respeito do amigo dele e me falaram que ele tinha ido embora.

Continuamos o nosso papo mas eu sem nenhuma segundas intenções pois sabia que os dois eram namorados e nunca gosto de me envolver com pessoas comprometidas. Quando minha cerveja terminou disse a eles que iria descer para ir ao banheiro e pegar mais uma. Na mesma hora o Flávio que era o mais novo dos dois disse que eles também iriam ao banheiro.

Quando entrei no banheiro, que não tinha porta, somente uma parede dividindo o ambiente, entrei e comecei a mijar quando percebi que o Flávio estava na porta olhando fixamente para o meu pau, pois como já disse ele é bem grande e grosso 20x08cm. Continue a mijar e vi que ele estava acompanhado do Fred seu namorado que também ficou parado observando meu pau. Fiquei meio sem jeito com aquela situação, pois estava mijando com a plateia do casal de namorados olhando fixamente para o meu pau.

Sai do banheiro como se nada tivesse acontecido e fui apanhar minha cerveja e voltei para as mesas de fora, pois estava muito quente lá dentro e o pessoa que estava cantando estavam super desafinada e chegava a incomodar meus ouvidos. Não demorou muito Flávio e o Fred chegaram e sentaram na minha mesa com mais uma cerveja nas mãos, continuamos a conversar quando o Flávio disse olhando dentro dos meus olhos que tinha achado maravilhoso o meu pau. Fiquei vermelho de vergonha, pois o cara estava falando na frente do namorado dele. E eu apenas agradeci o elogio e mudei o rumo da conversa.

Fred foi beijar seu namorado e esbarrou no seu copo que caiu no chão e quebrou, nesse instante ele levantou e foi lá no bar buscar outro, foi a oportunidade de questionar o Flávio em relação ao que ele estava querendo, pois estava com seu namorado e eu não estava entendo a situação. Foi quando ele me disse que namorava o Fred a 4 anos e que eles já havia acertado entre eles que poderia rolar uma parada a 3 caso os dois curtisse o cara e nesse instante ele me disse que o Fred também havia me curtido. Fiquei mais tranquilo pois se caso rolasse algo seria entre os 03 e eu não estaria interferindo no relacionamento dos dois.

Quando Fred retornou o Flávio já foi logo falando com ele que tinha conversado comigo a respeito de nos 3 ficarmos juntos e ele se mostrou super animado. Nesse momento o Fred veio e me deu um beijo na boca que logo foi seguido por Flávio que veio e começou a me beijar junto ao seu namorado eram as 3 línguas se entrelaçando uma a outra.

Ficamos naquele amasso lá em cima, pois estávamos sozinhos, mas sempre respeitando o ambiente. Como já estava ficando tarde, disse a eles se quisesse rolar algo mais teríamos que sair naquela hora, pois era domingo e todos os 3 teríamos compromissos de trabalho na manhã seguinte.

Saímos do Bar e fomos direto ao motel, quando chegamos no quarto começamos a nos beijar os três juntos e nos despir. Quando Flávio ficou nu, vi que também era bem dotado, um moreno claro de uma rola de quase 18cm e Fred branquinho com um bunda lisinha. Deitamos na cama e começamos a nos esfregar, Fred veio e caiu de boca no meu pau, enquanto Flávio chupava meu saco.

Logo em seguida as duas bocas estavam disputando meu pau enquanto se beijava, estava delirando com a cena! Que sensação deliciosa duas bocas juntas me chupando. Logo peguei o Fred pela cintura e coloquei ele de quatro com o cuzinho todo aberto para mim, e comecei a linguar aquele cuzinho lisinho que piscava de tesão enquanto ele chupava o pau do seu namorado, não demorou muito deixei aquele cuzinho bem lubrificado e encapei meu pau com uma camisinha para penetra-lo, quando nessa hora Flávio assumiu o controle da situação segurando meu pau e colocando somente a cabecinha naquele cuzinho.

Via que ele se preocupava com o namorado e não queria que eu arrombasse ele. Como eram casal, deixei de boa ele conduzindo a parada até que senti todo o meu pau dentro dele. Foi nesse momento que ele, sorrindo, olhou para mim e disse que agora eu poderia fuder ele gostoso. Comecei a bombar dentro daquele cuzinho enquanto os dois se beijava um em cima do outro. A cara de satisfação do Flávio era tamanha vendo eu fuder seu namorado, enquanto Fred gemia de prazer com minha rola dentro dele.

Após fuder bem gostoso o cuzinho de Fred percebi que Flávio estava gozando, aumentei o ritmo das bombadas para gozar também enquanto Fred era punhetando por Flávio. Fred gemia baixinho de tesão parecia que estava chorando, isso foi aumentando meu tesão. Logo cheguei no ápice e dei um gozada descomunal enchendo a camisinha com meu leite quente. Flavio percebendo que estava gozando também gozou longos jatos de porra em cima de sua barriga.

Quando tirei meu pau de dentro do Fred e estava tirando a camisinha, Flávio pegou no meu pau e tirou a camisinha dele. Pegou meu leitinho que estava dentro e despejou em cima do corpo do fred que estava deitado na cama e deitou em cima dele, esfregando seu corpo no dele se lambuzando com minha porra. Eu deitei em cima do Flávio com meu pau ainda meia bomba procurando seu cuzinho, mas ele como era ativo também não deixou penetrar nele.

Ficamos mais alguns minutos deitados juntos nos beijando até que levantamos e fomos os três para a ducha para nos lavarmos.Ainda dentro da ducha continuamos a pegação gostosa e mais uma vez os dois me agraciaram com mais um boquete duplo que me fez gozar mais uma vez.

Depois de nos trocarmos fomos embora do motel, pois já eram quase 2 horas da manhã felizes da vida. Depois de gozar duas vezes com aquele casal de namorados que tive uma experiência super gostosa naquela noite.

Há, quanto ao Rod, ele me ligou por volta das 22:00 horas pedindo mil e umas desculpas, pois seu celular havia acabado a bateria, mas como já estava envolvido com o casal de namorados resolvi marcar com ele outro dia, se eu acreditei na desculpa dele? Vou preferir acreditar, hehehehe. Afinal isso pode acontecer com qualquer um e se não fosse o "Toco" dele não teria conhecido o Fred e o Flávio, e também quero muito encontrar e conhecê-lo pessoalmente.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/http://disponivel.uol.com.br/Pcncbh



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

03/07/2016 21:54:06 - Humm muito legal a transa a tres, mas nunca tive oportunidade....

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente