Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Sexo Anonimo: Primeira foda gay da vida

Eu trabalhava num andar que tinha um salão de beleza de um cara chamado Alexandre, ele era alto, forte e negro, mas não dava na pinta que era gay.

Certo dia fiquei bebendo num bar próximo até tarde e chovia muito, então fui pegar ônibus no ponto em frente ao prédio e ele estava na janela e me chamou para sair da chuva, ao entrar no salão, ele disse para eu tirar a camisa e calça que ele iria secar e assim fiz e fiquei só de cueca também molhada e ele me deu uma toalha e disse para tirar tambem a cueca. fiquei sentado numa cadeira e ele secando a roupa num secador de cabelo.

Deixou a roupa na cadeira e disse que iia abrir uma cerveja e quando veio me entregar passou a mão na minha pica e acariciou até ficar dura, se abaixou e começo a mamar com muita vontade. Tirou a roupa também e ficamos ali por alguns minutos.

Quando se levantou para buscar um colchonete vi que sua rola estava dura, era grande e grossa e não sei o que me deu na hora, mas agarrarei ela e comecei a mamar também. Depois fomos para o colchonete e ele ficou de 4 e me pediu para meter e assim fiz gozando dentro dele bem gostoso. Depois tomamos um banho e ainda no chuveiro fiquei de joelhos e chupei aquela rola lambendo até o saco.

Foi muito gostoso e louco, mas nunca mais voltou a acontecer. Que pena, pois adorei sentir aquela vara na boca. Essa foi minha primeira vez e antes nunca pensava nisso, mas agora não paro de pensar em repetir uma mamada e por isso vejo muitos filmes do gênero, mas o que quero mesmo e realizar pessoalmente.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/mark210



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente