Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Sexo Anonimo: Gozei nas duas bocas

Estava dando uma caminhada pelo shopping quando um casal passou por mim, deram uma olhada e comentaram algo entre eles. Após ter feito uma compra fui ao banheiro e passei por um deles que estava voltando. Fui urinar e dei uma olhada em volta se rolava alguma pegação. Saí e encontrei o mesmo cara que parecia estar me esperando. Sorriu me acenando e fui até ele. Nos apresentamos e disse-me que seu namorado estava pagando o estacionamento e convidou-me para beber algo afim de nos conhecermos.

Miguel e José tinham ambos 33 anos e namoravam há 8 anos, fazia 2 anos que abriram a relação, mas sempre relacionavam-se juntos disse Miguel, que era o mais falante e já me convidando a ir até o apartamento deles. Lá chegando abriram um espumante e ficamos conversando, por pouco tempo porque Miguel logo começou a passar a mão em mim. Puxei-o para um beijo de lingua, José juntou-se a nós e logo fomos para o quarto onde havia uma enorme cama que cabia bem mais do que 3 pessoas. Tiramos nossas roupas ficando só de cueca e caimos na cama, rolava a maior pegação com beijos triplos. Miguel, mais atirado, desceu e começou mamar meu pau sobre a cueca, tirou-a com a boca e engoliu tudo. Direcionei José também para minha pica e recebi uma das melhores mamadas com duas bocas ávidas querendo meu caralho que pulsava de tão duro. Pareciam brigar disputando quem chupava mais e melhor.

Saltei da cama e coloquei os dois de joelhos na beirada da cama, na clássica posição de quatro. Com minha lingua explorava o rabo de um e brincava com meu dado no cu do outro, e assim foi por um bom tempo até que estavam bem molhados para levarem piça. Coloquei a camisinha e comecei a enterrar em Miguel, brincando com o rabo de José enfiando o dedo e dando uns tapas. Troquei de cu, José parecia não ser tão acostumado, era mais fechado mas aos poucos fui atolando, e agora meu dedo brincava no outro rabo. Os dois gemiam e se beijavam. Era uma delicia vê-los assim, bem submissos as minhas enterradas. Fiquei um bom tempo nesse entre e sai até Miguel, sempre ele, dizer-me para pegar um consolo na gaveta e usar no rabo que ficava disponivel. Vi que eram corajosos pois media 25cm, bem maior que meu pau. Mas puto quando pede, leva. Intercalava meus 21cm num cu e o consolo no outro, e assim foi por um bom tempo e sempre nessa posição com os rabos bem a mostra. Depois de muito meter falei que ia gozar, eles vieram até meu pau, tiraram a camisinha e gozei nas duas bocas, e eles não deixaram cair nenhuma gota.

Para relaxar me convidaram para fazer uma hidromassagem na banheira, regado a espumante. Ali ficamos até começar tudo denovo. Era um casal faminto por piça e já que estava lá, enfiei no rabo dos dois até gozar e deixá-los satisfeitos.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/edu391



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

13/01/2016 17:40:40 - Que delicia de macho vc. deve ser, gostaria de te-lo só pra mim. rsrsrs abraços.

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente