Contos Eróticos

#OUTROS A Surpresa

Já contei pra vocês a minha história com o arquiteto na construção e como mencionei, tive outras experiências junto com ele e uma delas vou contar agora.

Como já disse antes, estas aventuras aconteceram quando eu tinha em torno de 20 anos.

Costumava sair de vez em quando com esse arquiteto, normalmente passava pela sua casa altas horas da madrugada e dava uma buzinada rápida (precisávamos de discrição) e se ele acendesse a luz a aparecesse na janela, rapidamente, é porque estava sozinho e era para eu entrar pelo portão do lado. Fazia isso muitas vezes e transávamos muito.

Bom, acontece que em algumas ocasiões, numa discoteca da cidade, encontrei esse arquiteto com outro cara, que ele me apresentou como sendo seu sobrinho (que devia ter mais ou menos a minha idade na época), e ele me disse que ele estava dormindo na casa dele, pois morava em outra cidade. Nesse dia nada rolou e achei que o sobrinho (se é que fosse mesmo) não curtia sexo entre homens.

Porém, passadas algumas semanas, tornei a encontrar o arquiteto, dessa vez sozinho na discoteca e perguntei sobre seu sobrinho e ele me disse que ele já tinha ido embora e perguntou se eu não topava irmos brincar um pouco em sua casa, pois estava com muita vontade, visto que já fazia um bom tempo que não transávamos. Combinamos que ele iria para casa e eu iria pouco depois e entraria pelo portão do lado sem que fosse visto.

Fiz isso e assim que cheguei em sua casa ele já foi tirando minha roupa, e dizendo que estava com muito tesão. Ele sentou, então no tapete da sala e eu comecei a chupá-lo, engolindo cada centímetro de seu pau pequeno, mas muito gostoso e ouvia ele gemendo demais, porém, de repente, senti que alguém segurou minha bunda, me assustei demais e quando olhei pra trás era o sobrinho dele, totalmente nu e com a rola dura, que não era enorme mas parecia muito gostosa.

Daí o arquiteto me disse que mentiu pra mim, pois achava que eu não toparia transar a três. Na hora fiquei um pouco bravo, pois mais ninguém sabia que eu gostava de transar com homens também, mas como o sobrinho dele já tinha visto tudo e não tinha mais como esconder e, além disso ele me prometeu que ele seria muito discreto e que em breve iria embora da cidade, resolvi deixar rolar e voltei a chupar o pau de meu arquiteto.

Daí o sobrinho dele segurou minha bunda e começou a enfiar o dedo no meu cuzinho e depois senti sua língua quente chupando meu cuzinho, o que me fez delirar de tanto prazer. De repente ele começou a passar vaselina aos montes, tanto no meu cuzinho como no seu mastro e bem devagarinho começou a enfiar dentro de mim, nossa, delirei de prazer , mas continuei a chupar o pau de meu amigo.

Depois de um tempo, acabei gozando, pois não aguentei de tanto tesão. Porém, como os dois ainda não haviam gozado, meu amigo pediu para eu sentar em sua vara o que fiz sem pestanejar, daí então, seu sobrinho veio por trás e eles tentaram fazer uma dupla penetração em mim. Confesso que estava até gostando, mas eles não conseguiram enfiar os dois mastros juntos em meu cuzinho. Como não conseguiram, pararam de me foder, foram se lavar e voltaram com os paus ainda muito duros e pediram para eu chupar, pois queriam gozar em minha boca. Não me fiz de rogado e mandei ver, fui chupando os dois intercalando, chupando um e punhetando o outro. Não demorou e ambos começaram a gozar, primeiro o sobrinho dele gozou muito em minha boca, e depois meu amigo que acabou gozando em minha cara.

Acabei de chupar os dois, deixando o pau deles limpos e brilhosos com a minha boca e língua. Depois disso, descansamos um pouco, tomamos umas cervejas e resolvemos tomar um banho a três. No chuveiro comecei a chupar a rola de ambos e falei que o primeiro que ficasse duro teria que me comer e, claro, o sobrinho que era mais jovem, ficou com o pau duro primeiro e acabou me comendo em pé, embaixo do chuveiro, enquanto meu amigo me chupava os mamilos. Sei que acabamos gozando de novo e pra não deixar meu amigo na mão, acabei chupando ele de novo até fazê-lo gozar.

Depois dessa suruba, tive que ir embora pois já estava um pouco tarde, mas não antes de combinarmos uma nova brincadeira a três...

Entre em contato com o autor em: https://disponivel.uol.com.br/casadobi63

Gostaria de enviar o seu conto? Clique aqui!

Mais de #OUTROS
- Dando pra dois irmãos
- Depilação com meu filho
- Enfim transei com meu irmão
- Amigo do meu irmão
- O adolescente pauzudo
- Meu amigo Padre Pauzudo
- Fui fazer exame admissional e comi o médico
- Pedi açúcar a meu vizinha e ele me deu piroca
- Meu vizinho cara de mau
- Transando com o Pastor da Igreja

Gostou? Deixe seu comentário

Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentário sobre o conto!