Contos Eróticos

#OUTROS Farmácia de manipulação

Nunca neguei que amo homens casados e principalmente os coroas.

Há tempos paquero um casado na faixa dos 50 anos aqui da minha cidade, ele se chama Pedro é Dono de uma Farmácia de manipulação. Vejo ele e o tesão só aumenta, vontade de beijar aquela boca e chupa-lo inteiro.

Eis que vejo o perfil dele no Facebook e claro que mandei mensagens no bate papo, ele visualizou todas as vezes, sei onde ele toma suas cervejas no posto de gasolina perto de casa. E ele sabe quem eu sou, e também me paquera discretamente. Pois ele tem vários amigos coroas e casados que sempre estão com ele (alias são deliciosos).

Bom certo dia estou vindo do SESC e dou de cara com ele, acabando de fechar a farmácia. Mesmo sendo na avenida não tinha movimento e fui até ele e o cumprimentei, com aquela leve coçada no meio da mão, e ele correspondeu. Lhe perguntei se estava indo embora?! E ele disse que sim, e me perguntou se eu também.

Aproveitei e disse, que estava a toa e louco para uma aventura.
E ele me perguntou: tem comido mulher?
Eu logo respondi, Não, eu gosto de macho casado.
E ele me encarando respondeu: Cara percebo umas olhadas sua.
Não aguentei e me declarei, lhe disse: Pedro sou louco por você!
E sem titubear ele disse: se toparia? mas onde?
Eu prontamente lhe respondi: Você tá de carro? Vamos dar uma volta.
Ele disse: Minha mulher me deu uma hora para chegar em casa!
Nisso eu disse: Abre a garagem da farmácia, e vamos daar uns pega.
Ele topou: Rapidinho então.


Cara que homem gostoso era aquele. Fomos para dentro da farmácia, na área do laboratório. E não perdemos tempo, aquele agarra agarra, grudei ele na parede com vontade e o beijei. E ele disse: que loucura nunca fudi um homem. Tiramos a roupa, abaixei e catei aquele pau de uns 18 cm e mamei cada centímetro, o saco, o cu, o peito, deixei ele louco.

Todo o meu sonho estava sendo realizado naquele momento, ele dizia, vou gozar, e eu dizia não, quero você Inteiro, nós dois pelados ali, e ja que estávamos na farmácia ele pegou uma camisinha, colocou no pauzão, meteu cuspe e veio que veio.

Que dor e que tesão, ele socava com vontade, e não parava de dizer: Cara nunca comi um cu, sabe só buceta, que delícia. Ele fodia e fodia, eu deitei na mesa, e ele veio e me fudeo mais, de frango assado. Eu olhava a cara dele e falava: Pedro Alonso, você é lindo, como ja bati punheta pensando em você!
Ele disse: Você sonha comigo viadinho?
Eu disse: Sim, você é meu desejo.


E continuou me fodendo e fodendo, e de repente ele disse: cara vou gozar.
Eu falei: calma, e tirei a camisinha dele, meti o pau dele na boca, e engoli, desculpe mas tive que engolir. E cara ele urrava, não deixei uma gota cair, e o mais gostoso foi a recuperação da foda. Deitamos no chão e nos beijamos, igual a dois namorados.
Lhe falei: Pedro foi uma das melhores fodas da minha vida.
Ele disse: Você me ensinou uma nova formula de fazer amor.
Nós trocamos mais beijos, e nossos números de telefone. E sai de fininho como um bom amante deve fazer. E fomos embora.

Alguns dias depois ele me ligou, disse que não consegue me esquecer. Quer estar comigo, mas sem ilusões e sempre na descrição, pois ele tem uma linda mulher e dois filhos. Eu acho que estou apaixonado. E um bom amante sabe fazer tudo no sigilo, assim ele disse.

Entre em contato com o autor em: https://disponivel.uol.com.br/Deiazz

Gostaria de enviar o seu conto? Clique aqui!

Mais de #OUTROS
- Depilação com meu filho
- Dando pra dois irmãos
- Enfim transei com meu irmão
- Amigo do meu irmão
- O adolescente pauzudo
- Fui fazer exame admissional e comi o médico
- Pedi açúcar a meu vizinha e ele me deu piroca
- Meu amigo Padre Pauzudo
- Transando com o Pastor da Igreja
- Meu vizinho cara de mau

COMENTÁRIOS DE QUEM LEU!

Gostou? Deixe seu comentário

Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentário sobre o conto!