Contos Eróticos

#FETICHE Passeio no Parque

Bom, sempre tive vontade de dar meu rabo, mas nunca tive coragem de ir atrás de alguém para matar essa vontade! Então soube que em um parque aqui de Campinas SP, um pessoal entrava no meio da mata entre as arvores de noite para fazer sacanagem, não contive minha curiosidade.

Em uma bela noite fui ate esse parque, me sentei em um banco e fiquei observando a movimentação de machos que entrava e saia da mata, foi quando resolvi entrar, logo começaram a assobiar, creio que seja um sinal que adotaram para despertar o interesse, naquele momento fiquei meio excitado e com medo ao mesmo tempo, e então comecei a adentrar mais na trilha para poder sair, mas acabei saindo próximo de um banheiro desativado, onde vi uns machos entrando nesse local totalmente escuro, parei e fiquei observando, foi quando um Moreno chegou do meu lado e disse vamos? Arrepiei na hora, de medo, ele então deu uma risadinha safada, fiquei calado sem saber o que dizer, ele então deu uma mexida no pau dele, e pelo volume parecia ser grande, então ele ganhou que olhei para o pau dele e disse: - Quer pegar, morder e chupar? E novamente ele deu uma risadinha safada, ai disse: - Posso tentar e sorri para ele.

E então entramos naquela escuridão e logo ele me encostou em uma parede e grudei no pauzão grosso dele, cai de boca e chupei com vontade, caralho que tesão, quase gozei sem bater uma, ele me puxou e me virou, começou a apertar minha bunda e disse quero te comer gostoso, disse que nunca tinha dado pra ninguém, e então ele disse você não vai se esquecer, baixou minha bermuda, começou a lamber meu furinho, colocou seu dedo, me excitou muito ate que só senti algo grosso penetrando, que delícia, ficamos um bom tempo ali transando, até que ele encheu meu cuzinho de porra, senti aquele leite quente dentro do meu cu, loucura ou não ele escorreu no pêlo e ele disse fique tranquilo que não tenho doença!

Trocamos o telefone e saímos algumas vezes mais até que um dia ele desapareceu! Desde então não tive outra oportunidade como essa!

Entre em contato com o autor em: https://disponivel.uol.com.br/mjnasc15U6

Gostaria de enviar o seu conto? Clique aqui!

Mais de #FETICHE
- Vizinho negão roludo tirou meu cabaço
- Vestindo a calcinha da minha esposa
- Sogro come genro
- Primeira vez numa sauna gay
- Primeira vez que fiz dupla penetração
- Macho me estuprou sem dó
- Minha mulher me fez comer outro cara
- Sobrinho no 10
- O segurança me segurou com força e meteu o pau
- Todo gay quer um bombeiro Hétero

COMENTÁRIOS DE QUEM LEU!

Gostou? Deixe seu comentário

Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentário sobre o conto!