Contos Eróticos

#SEXO ANONIMO O pedreiro

Pessoal, meu nome é Eduardo, tenho 45 anos, sou fortão, bissexual e cheio de tesão.

Dias desses ia ao banco a pé, subindo a rua que moro em S. Bernardo do Campo e notei uma construção meio abandonada, porém uma caçamba de entulhos na porta e vi que ela estava sendo usada.

Chovia e fazia frio, era uma segunda feira por volta das 10h, notei um homem, de mais ou menos uns 35 anos, com calça jeans e sem camisa, uma tatuagem no bíceps e a camiseta enrolada na cabeça, ele trazia uma lata de entulhos.

Chegando perto verifiquei que ele ficou meio descansando na caçamba e me olhou de forma discreta. Dei uma encarada básica e ele correspondeu mexendo no pau, pensei, é hoje.

Diminui os passos e fui chegando bem perto e ele me encarando e eu de olho também.

Me aproximei e perguntei o que iriam construir ali pois a muitos tempo estava parado, ele respondeu que será uma loja com casa do proprietário em cima.

Continuou debruçado na caçamba e deu uma mexidinha no caralho, que nesse momento notei que era grande o negocio, fiquei doidinho e meu pau estava já latejando de tão duro.

Aí ele perguntou se eu queria dar uma olhada, que estava sozinho fazendo uma limpeza e que o ajudante chegaria somente a tarde.

Fomos ao fundo da construção e ninguém na avenida poderia nos ver.

Chegando lá, ele safado, já arrancou o pau pra fora e disse, é isso que você quer?

Não pensei 2x e cai de boca, mamando aquela rola gostosa de 21 cms grossona, com o saco bem roxo e grande,

Mamei gostoso uns minutos, ele gemia e isso me enlouquecia ainda mais.

Passado alguns minutos, tirei a calça e falei e ai? Ele abriu uma bolsa no canto e tirou uma camisinha, encapei com a boca e ele mandou bala, a dor inicialmente era insuportável, mas relaxei e ele socava bem gostoso.

Foram muitas socadas e gemidas, e eu louco de tesão falei vou gozar, ele disse espera um pouco, eu demoro, tirei a mão do meu pau de deixei ele metendo, de repente ele disse vou gozar, eu só toquei no meu pau e foi um jato daqueles, ele gemeu, tremeu e disse, nunca gozei num homem tao gostoso assim.

Sai dali meio mancando e com uma dor insuportável no rabo, mas feliz da vida.

Fui ao banco, quando voltei ele estava lá ainda e me convidou para ir no outro dia.

Depois conto a foda que tivemos no outro dia.

Gostaria de enviar o seu conto? Clique aqui!

Mais de #SEXO ANONIMO
- Dando o cu depois de casado
- Trepando com o caminhoneiro casado
- O pedreiro
- Ex-presidiário falou que eu ia chorar na rola imensa dele
- Fui menina pra ele
- Comi o filho da faxineira
- Ex-funcionário do meu pai me fez feliz pela primeira vez
- Exame de próstata com final feliz
- O velho da construção
- Padre ajoelhou, rezou e chupou

COMENTÁRIOS DE QUEM LEU!

<

Gostaria de continuar essa foda. me deixou de pau duro e meu anel latejando de tesão.



Gostou? Deixe seu comentário

Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentário sobre o conto!