Contos Eróticos

#OUTROS Transando com o Pastor da Igreja

Esse é o meu primeiro conto, sempre li os congos daqui do site e resolvi mandar o meu. É uma história verídica. Vou começar me apresentando, sou de Pernambuco, 21 anos, corpo normal, uma bela aparência. Ele tem uns 40 anos, corpo bem peludo, um coroa mt bom de cama.

Nos conhecemos através de um amigo meu. Ele é pastor de uma igreja evangélica aqui da minha cidade, por esse motivo não citarei nomes.

Enfim, vamos ao que realmente interessa.

A partir do dia que nos conhecemos começamos a conversar muito pelo Facebook e marcamos uma data para nos vermos. Chegando o dia ele me levou para um motel em uma cidade vizinha a nossa. Entramos e já começamos a nos pegar, muitos beijos e chupadas, e assim fomos tirando as nossas roupas e revelando nosso tesão.

Fiquei deitado na cama e ele veio por cima de mim, ficando sentado em cima do meu pau, ali ele brincava, rebolando em mim, chupava meu peito e descia para o meu pau, engolindo tudo.

Depois de uns 15 minutos me chupando e eu quase gozando de tanto tesão, pedi que parasse e aí foi a minha vez de chupá-lo. Comecei por seus mamilos e fui descendo até chegar no seu pau que já estava duraço.

Com maestria levei o pastor a loucura, fazendo um vai e vem frenético em seu pau e indo para as bolas. Ele se segurando para não gozar pediu para me comer. Colocou a camisinha e me pôs de bunda empinada, com carinho lubrificou minha bunda e seu pau e foi colocando tudo dentro de mim.

Senti o pau dele entrando e saindo. Eu só fazia rebolar e pedir muita pica. Estava louco de tesão. Ele me comeu deliciosamente. Me colocou de frango assado e continuou a bombar seu pau em mim olhando nos meus olhos e me beijando.

Eu queria muito mais, então pedi que ele parasse pra que eu também pudesse penetrá-lo. O que ele atendeu de imediato. Nem lembrei de camisinha, só fiz lubrificar meti com gosto. Meu pau latejava de tanto tesão.

Bombei por uns 20 minutos e enchi o cu dele de porra. Ainda por cima dele, beijei-o e pedi que ele agora terminasse mossa transa, ele voltou a me comer e também gozou dentro de mim. Do meu cu escorria muita porra.

Saciados do prazer, fomos para o banho, nos vestimos, trocamos mais alguns carinhos e fomos embora. Sempre mantemos contato. Pelo menos duas vezes por mês marcamos para transar.

Gostaria de enviar o seu conto? Clique aqui!

Mais de #OUTROS
- Depilação com meu filho
- Dando pra dois irmãos
- Enfim transei com meu irmão
- O adolescente pauzudo
- Amigo do meu irmão
- Fui fazer exame admissional e comi o médico
- Pedi açúcar a meu vizinha e ele me deu piroca
- Meu amigo Padre Pauzudo
- Transando com o Pastor da Igreja
- Meu vizinho cara de mau

COMENTÁRIOS DE QUEM LEU!

<

sexo sempre é valido...mais sem preservativos...acorda para vida...



Gostou? Deixe seu comentário

Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentário sobre o conto!