Contos Eróticos

#OUTROS Pedi açúcar a meu vizinha e ele me deu piroca

Tenho 33 anos, sou negro, 80 quilos, cabelos curtos e louco por pau. Esse é o meu segundo conto aqui, espero que gostem. Hoje vou relatar a realização de um sonho. Vamos lá.

Sempre morei com a família, mas no final do ano passado resolvi mora sozinho, logo encontrei uma casa próximo a um shopping em Guarulhos. Preparei tudo e em uma semana já estava na casa nova. No meu primeiro dia na casa fui tentando fazer amizades com os vizinhos e vizinhas, eles sempre muito receptivos. Quando conversava com a vizinha da casa do lado estava vindo um casal que também morava no quintal desta vizinha. A mulher e o cara pararam nos cumprimentou e foram para dentro. Eu não esqueci aquele homem. Ele é mulato, por volta de 1,75, magro, estava de camisa regata e uma bermuda.

No dia seguinte saí no portão e para minha sorte aquele monumento estava no portão dele, eu logo fui dar uma de bom vizinho e comecei a puxar assunto, sem parar de olhar no volume lindo dele. Me falou que o local é bom para morar, onde era o melhor lugar para compras e tal. Os dias se passaram e eu cada dia demonstrava mais para ele que curto dar gostoso, sempre olhando diretamente na direção do pau dele. Oito meses se passaram e as cantadas aumentando, ontem ele veio me pedir para eu leva-lo ao mercado, claro que deixei tudo e fui correndo. No caminho olhei na direção do pau dele e novamente disse que a mulher dele tinha muita sorte, ele se fazendo de desentendido perguntou porquê, disse que para ter um homem daquele só com muita sorte.

Aí que ele me disse que eu também poderia ter essa sorte, fiquei louco de tesão só de imaginar aquele macho me arrombando. Como não estava trabalhando, a mulher sai todo dia cedo e ele fica sozinho em casa. já marcamos para hoje. Confesso que não consegui dormir de tanta tensão, louco para amanhecer logo e eu cuidar daquele macho. Ás 06 e meia a mulher saiu. por voltas das 07 horas ele me mandou mensagem perguntando se a a porta estava aberta, eu disse que sim e me preparei para cuidar daquele pau, já coloquei um filme pornô. Quando ele chegou já estava pronto. Quando ele abriu o shorts ainda de pau mole, delirei, lindo, fui mamando ele ainda molinho, aquela maravilha foi ficando duro na minha boca, até ficar latejando, mamei tanto aquele pau, fiquei uns 30 minutos chupando o pau, as bolas, engolia todo aquele membro que tinha por volta de 20 centímetros, grosso, maravilhosooo.

Depois ele me pediu para me comer, eu fiz a vontade dele, mas antes pedi que colocasse devagar, pois o pau dele era muito grande e grosso, assim ele fez, passou bastante gel e meteu devagar no começo e depois foi metendo mais forte, eu gemai feito uma puta e ele metia sem dó. Depois uns 20 minutos metendo ele me disse que iria gozar. Perguntando onde eu queria, claro que me ajoelhei e deixei a cara pronta para levar porra, aquele macho gemeu e me encheu a boca e a cara de porra. Isso aconteceu hoje de manhã, espero que ele volte aqui outras várias vezes e me deixa me acabar nesse pau maravilhoso, e me dê outros banhos de porra pelo corpo todo.

Entre em contato com o autor em: https://disponivel.uol.com.br/Gilbahia

Gostaria de enviar o seu conto? Clique aqui!

Mais de #OUTROS
- Depilação com meu filho
- Dando pra dois irmãos
- Enfim transei com meu irmão
- O adolescente pauzudo
- Amigo do meu irmão
- Fui fazer exame admissional e comi o médico
- Pedi açúcar a meu vizinha e ele me deu piroca
- Meu amigo Padre Pauzudo
- Transando com o Pastor da Igreja
- Meu vizinho cara de mau

COMENTÁRIOS DE QUEM LEU!

<

Adorei seu conto



Gostou? Deixe seu comentário

Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentário sobre o conto!