Contos Eróticos

#SEXO ANONIMO Exame de próstata com final feliz

Há um tempinho, tive que ir ver um urologista para fazer o exame de toque (de rotina). O médio que sempre me atende, um senhor já, teria ido participar de um congresso, e, para não perder a viagem, aceitei ser atendido pelo clínico de plantão. Depois de uma "breve" espera, fui atendido.

O médico, aparentando seus quarenta anos, foi bastante simpático, e conversamos um tanto antes do exame em si. Quis saber do meu histórico clínico, etc, etc. Isso feito, pediu que abaixasse as calças e me apoiasse na maca, de pé. Estranhei, porque o outro médico me punha deitado para isso, mas ok, abaixei as calças e fiquei ali, na expectativa. Ele calçou as luvas, abaixou as cuecas a fim de expor a bunda, e enfiou o dedo. Sem resistência, bem pelo contrário.

Juro que sem querer, mas acabei dando uma rebolada de leve e empurrei minha bunda contra o seu dedo, que acabou indo bem mais fundo do que o esperado. Sem precisar olhar, notei a surpresa do médico; afinal, não aparecendo coisa nenhuma, quem me vê diz que sou um cara até bem sério. Ele retirou o dedo inteiro e foi colocando novamente, bem devagar dessa vez. E dessa vez propositalmente, empurrei minha bunda contra o dedo dele, até sentir o dedo fundo como desse.

Mais uma vez ele retirou o dedo, e dessa vez apoiado de leve uma mão em minha bunda, enfiou mais um dedo. Não resisti, soltei um suspiro e empinei bem. E, usando uma das mãos, abaixei completamente as calças e a cueca, para que ele visse que estava de pau duro, totalmente excitado com a situação.

Vendo aquilo, ele ficou doido. Tirou os dedos de dentro de mim, e trancou a porta do consultório. Ficou olhando para mim (creio que esperando algum sinal de reprovação), e decididamente tirou os sapatos e as calças. Vestiu uma camisinha, e, me segurando pelos quadris, encostou a cabeçorra no meu rabo. Empurrou com força, me senti rasgado em dois, o pau dele era bem grosso. Mas aos poucos foi arregaçando minhas pregas e entrando - bem devagar. Quando a cabeça, deu um tempinho para que me acostumasse, bolinando meu pau enquanto isso.

Quando sentiu que podia, empurrou o resto e entrou inteiro em minhas entranhas. Tive que morder minha mão para não acabar berrando sem querer. Vi estrelas, então, mas quando passou foi muito bom: ele me agarrou pelos quadris e me fodeu com força, fundo e demoradamente, até um ponto que ele não resistiu e avisou que ia gozar. Pedi um momento só, e, só então, toquei uma punheta para gozar junto. Ele juntou a mão dele com a minha, e assim que comecei a gozar, ele foi junto, segurando o meu pau o tempo todo. No final, gozei na mão dele.

Quando terminei, e ele também, tirou o pau do meu cu, e me pediu para ficar de joelhos. Retirou a camisinha, e derramou a minha porra em cima do pau dele. Enfiou o pau na minha boca e disse para que eu limpasse a porra dele e a minha. Coisa que fiz, claro, enfiei a boca naquele pau com fome (mas não entrou tudo em minha boca), engolindo o que dava. Só que nessa de chupar senti o pau dele ficando duro de novo. Mais um pouquinho, e ele estava em ponto de bala de novo. E não quis nem conversar, me colocou de quatro no meio da sala e me comeu mais uma vez.

Dessa vez, demorou bem mais para gozar, e eu estava completamente acabado quando ele finalmente terminou, com as pernas completamente bambas. E ainda por cima gozou, pouco, mas fez questão de despejar na minha boca novamente, dizendo que já que eu gostava, ia me dar de beber tanto quanto aguentasse.

Entre em contato com o autor em: https://disponivel.uol.com.br/http://disponivel.uol.com.br/Delphos99

Gostaria de enviar o seu conto? Clique aqui!

Mais de #SEXO ANONIMO
- Dando o cu depois de casado
- Trepando com o caminhoneiro casado
- O pedreiro
- Ex-presidiário falou que eu ia chorar na rola imensa dele
- Fui menina pra ele
- Comi o filho da faxineira
- Ex-funcionário do meu pai me fez feliz pela primeira vez
- Exame de próstata com final feliz
- O velho da construção
- Padre ajoelhou, rezou e chupou

COMENTÁRIOS DE QUEM LEU!

<

O conto está muito bem escrito, claro e objetivo, mas também gostariam de encontrar um urologista desses.



Gostou? Deixe seu comentário

Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentário sobre o conto!